CARTÃO DE VISITAS BLOG DA DRIKKA CALCINHAS SHOW DE FOTOS DRIKKA TRAVESTI
FOTOS SENSUAIS
PÁGINA PRIVADA
SALTO ALTO
FOTOS 2016
TOP RELATOS
FOTOS 2015
VIAGEM 5
Dúvidas Leitor
Fantasias
Boneca Drikka Acomp.
Relatos Inéditos
Fotos Viagem1
Fotos Viagem2
Fotos Viagem3
Fotos Viagem4
DSTs/Sexo Seguro
Fotos Maio2013
Fotos Fetiche
Relatos Quentes 1
Relatos Quentes 2
Modelitos Balada 1
Relatos Apimentados
Galeria Fotos 1
Galeria Fotos 2
Galeria Fotos 3
Galeria Fotos 4
Aventuras de Sabrina I
Aventuras de Sabrina II
Ensaios Passados
Para descontrair
Paradas Gay
Capas do Site 1
Capas do Site 2
Capas do Site 3
Capas do Site 4
Meu Diário/Blog Arq 1
Meu Diário/Blog Arq 2
Meu Diário/Blog Arq 3
Meu Diário/Blog Arq 4
Meu Diário/Blog Arq 5
Meu Diário/Blog Arq 6
Meu Diário/Blog Arq 7
Meu Diário/Blog Arq 8
Meu Diário/Blog Arq 9
Meu Diário/Blog Arq10
Meu Diário/Blog Arq11
Meu Diário/Blog Arq12
Meu Diário/Blog Arq13
Meu Diário/Blog Arq14
Meu Diário/Blog Arq15
Meu Diário/Blog Arq16
Meu Diário/Blog Arq17
Meu Diário/Blog Arq18
Meu Diário/Blog Arq19
Meu Diário/Blog Arq20
Meu Diário/Blog Arq21
Drikka Loira
Acompanhantes de Curitiba
Especial fotos Carnaval
Drikka Noela
LIVRO DE VISITAS
ESPECIAL DRIKKA 20 ANOS
drikka_outubro_2017_a


















2017_showdefotos52







































Olá... seja bem-vindo a Página Drikka Travesti... Não só mais 'uma travesti de Curitiba'... mas quem sabe a travesti de Curitiba...


Você pode ter entrado aqui  quando estava fazendo uma busca por 'travestis de Curitiba' ou 'travesti  Curitiba'... Ou então simplesmente:  DRIKKA TRAVESTI ... BONECA DRIKKA...
Ou então apenas Drika... Afinal há tanto tempo trabalhando, tem gente que tem meu número guardado em algum lugar... alguns ainda do tempo em que anunciava em jornais... ou do finado Classisex, pelo menos para travestis... mas de repente quer saber se ainda estou trabalhando... se não me aposentei, rs... ou isso ou aquilo... bem aqui está meu site... aqui a estrela sou eu, mas com muitos astros ao redor... na minha cama, acho que fica melhor...



cartao_visitas_2017_drikka_boneca





































drikka_capamarco2017a







































2017_drikkatrans1
















































cartaodevisitas2017














































2017_drikka_espelho_peq





































2017_julho_foto_13































Primeiramente você pode ler e ver o que tem nesta página... aqui estão textos muito importantes no meu ponto de vista...

mas não se esqueça que meu site tem mais de 50 páginas...
basta clicar em qualquer uma dessas que estão numa relação aí ao lado esquerdo do site...

 basta rolar a tela e divertir-se!!!

Divirta-se!!! E precisando de alguma informação via telefone:


Meus telefones de contato são: 41-99971-0844
 ou 41-3232-5054... ou escreva para : drikkaboneca@uol.com.br ou no Whats... mas por favor ''não pergunte o que você pode ler aqui no site''...


No caso para programas 'estou e atendo' somente em Curitiba - PR...




2017_capafev


























mascara_peq2017














2017_Drikka_travesti_chamada















set2013_a




















ALGUMAS CURIOSIDADES DO UNIVERSO TRAVESTI...



A palavra travesti: ''

Travesti é o homem que usa vestidos... digamos assim que fica mais fácil para explicar...

A palavra travesti para muitos parece pejorativa...
Mas qual o porquê?
Porque travesti sempre foi sinônimo de marginal... ou talvez se tornou...
travesti, traveca, trava...

É bem mais fácil e atraente apenas dizer trans... que vem de transexual... apesar de que transexual é mais usado para o homem que tem vontade de se tornar mulher, que não usa o genital como o travesti... mas enfim, nem Freud explica...




drikka_sexy_setembro2011a






























Setembro/2011

 
TRAVESTIS DE CURITIBA - DRIKKA TRAVESTI ...

Uma história diferente dentro do mesmo contexto... Um olhar diferente dentro da mesma perspectiva...


primeiroaniversario_fotoescolhida1



























O que é ser travesti?

Ninguém escolhe nascer homem ou mulher.
Ninguém escolhe nascer bonito ou feio...
Assim como não se escolhe nascer homossexual.
Só que muitas vezes acontece.
E o que fazer quando o corpo tem desejos que dizem não ser natural? 
O que faz a alma ficar perplexa, pequena, apertada, quando o corpo em que habita vive o conflito de partes que não se encaixam?
Não se nasce travesti...  E, tornar-se travesti é ainda mais intrigante.
Pois é como dar vazão ao masculino e feminino ao mesmo tempo... Dois corpos não ocupam o mesmo lugar ao mesmo tempo, é impossível!
Então, ser travesti é algo que quimicamente é inviável...
Mas, ludibria-se a lei da química com a metamorfose. Algo feio e desajeitado se torna belo e desejável... Com brilho fascinante... Brilho frágil, mas intenso como sol de verão... mas como tudo na vida tem seu tempo, é talvez o tempo do travesti, o mais limitado, pois durante sua fase borboleta, ele esquece que foi uma lagarta... porém depois de mais um tempo ele perde as suas ludibriantes asas e, mesmo que não volte a ser a feia lagarta, também não será mais uma linda borboleta.
Será talvez esse o preço de uma escolha, quando ele tem duas opções?
Opções estas, que no final não se diferem muito, uma da outra.
Ser travesti, é ser diferente, é viver com a diferença e sofrer com a indiferença.
É uma luta de dois corpos que querem o mesmo espaço. É o espaço que não pode ser de dois. Ser travesti é como ter na frente uma fruta com dois sabores, onde se dá melhor aquele que morde primeiro o doce e deixa o lado amargo por último.
Embora nem todos tenham a mesma sorte pois invertem as mordidas... e aí a vida é cruel...  A vida não vem em doses iguais para todos, mas todos tem a oportunidade de dosá-la e tentá-la fazer valer a pena... mesmo que as escolhas estejam distorcidas e enganando um tempo, alguém e um lugar no mundo... pode ser que no fim de tudo esteja apenas enganando a si 'mesmo(a)'...

Escrito por

Boneca Drikka




drikka_closes_1




























ESPECIAL TRANSFOBIA

Quando somos excluídas das escolas, do trabalho, dos sistemas de saúde, nossos direitos são negados.

Assassinatos cruéis ou cenas de ódio ocorrem com nossas companheiras frequentemente e, muitas vezes aqueles que deveriam nos proteger são os próprios agressores.
Em nosso país as leis são brandas demais para este tipo de crime. Os direitos das travestis são violados e as escolhas diferentes das ''normais'' não são respeitadas. Dessa forma somos obrigadas a aceitar a covardia que nos golpeia e nos humilha dia a dia.

E dizem que em nosso país não existe Transfobia. Se isso tudo não é Transfobia, o que é então?

Muitas vezes os projetos propostos por nossa causa ficam apenas no papel e não vemos nenhuma ação ser realizada para nos beneficiar, em vez disso o que ocorre é uma forma de obter lucros às nossas custas.

Até quando a sociedade vai continuar negligenciando nossos direitos? Nossas vidas? 

Chega de hipocrisia, chega de intolerâncias às travestis, queremos viver nossas vidas com diginidade e respeito.

Texto de Liza Minelly - Presidente do Grupo Esperança de Curitiba.





DRIKKA, UM TRAVESTI DE CURITIBA


Eu sou travesti por opção. Inclusive como travesti trabalhei no extinto Banco do Estado do Paraná por mais ou menos 6 meses... Acho que foi uma conquista, mas bem polêmica... Mas eu não queria mais continuar no banco onde fiquei por vários anos e por isso saí num plano de demissão voluntária, que pra mim, era no momento a melhor coisa a ser feita. Meus colegas me aceitaram numa boa, pois minha transformação foi feita lentamente, e de repente, parece que eles sempre conviveram comigo assim personagem mais feminina. Não, que alguém não tivesse percebido quando entrei para a empresa, que eu não fosse homossexual, afinal eu era bem afeminado, principalmente no andar, no falar e nos gestos. Não digo que não sofri algum bullying camuflado, mas não posso reclamar, pois apenas uma pessoa no banco, que eu tenha notado descaradamente...  um dia chegou pra mim e disse que não aceitava o fato da minha situação como travesti, afinal eu entrara no banco como homem e era inaceitável que eu fosse trabalhar vestido como mulher. Eu tinha cabelos compridos loiros e próteses de mama. Não tinha mais como querer me vestir de homem. Pelo menos ele foi sincero e pra não ficar tão feio, reconheceu que eu era acima de qualquer coisa um bom profissional. Embora, deixou claro, que se dependesse apenas dele, eu estaria na rua. Vejam aí, que se dependesse dele eu poderia ter ganho um bom processo, pois ele foi incisivo na discriminação. Mas, enfim, no banco eu fiz muito bem o meu trabalho, conquistei maravilhosos amigos e fui atração durante muito tempo. Lembro que muita gente ia no banco e ficava o tempo todo me admirando ou perplexa me vendo trabalhar lá. Eu era um show, mas eficiente no trabalho burocrática que fazia.  

Escrevi tudo isso apenas para ilustrar que eu pude como travesti fazer outra coisa que não fosse me prostituir. Mas na verdade a prostituição não era vista com maus olhos por mim, pois eu gosto, adoro sexo. Se assim não o fosse, talvez eu nem tivesse me tornado tão mais feminina e poderia ter ficado apenas um homossexual assumido, que tem bem melhores chances no mercado do que um travesti. Mas, de qualquer forma, é uma situação minha e, não quero dizer que outros queiram apenas se tornarem travestis para ter melhores condições de sexo. Mas sabemos que para os travestis, realmente o campo de trabalho é limitadíssimo aos salões de beleza e a grande maioria mesmo acaba na prostituição. 

Estamos vendo algumas melhoras, mas falta muito. Espero que travestis que tenham vontade de fazer alguma coisa, que lutem, pois fácil não vai ser, acho que nunca. Inclusive digo que até pra prostituição tem que ter talento, pois senão a gente sabe como acaba.

 Escrito por Boneca Drikka em julho/2011



revista_direitoshumanos




























Fui capa da revista sobre Direitos Humanos em um Brasil sem transfobia. A revista é uma edição especial feita pelo Grupo Esperança de Curitiba, que tem na presidência: Liza Minelli. Na revista tem a contextualização dos Direitos Humanos, conceitos do mesmo, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a homossexualidade no Brasil e seus avanços nas conquistas de direitos. Especial sobre travestis, desde a transformação, o uso de silicione e hormônios, o preconceito sofrido na escola, no trabalho, na família. Uma revista super esclarecedora, voltada em especial para ongs que trablham com travestis. 




11 de julho/2011 - BOA NOTÍCIA PARA OS TRAVESTIS DO RIO DE JANEIRO

Os travestis e os transexuais do Estado do Rio de Janeiro poderão usar nome social (o modo como as pessoas são identificados na sua comunidade e em seu meio social) para fazer matrículas em escolas, prestar queixa em delegacia e fazer cadastros públicos. Decreto do governador Sérgio Cabral, publicado nesta segunda-feira (11) no Diário Oficial do Estado, determina que o nome social seja aceito em todos os atos e procedimentos da administração direta e indireta . As denúncias de recusa devem ser encaminhadas para a Secretaria Estadual de Assistência Social.

A medida atende a principal reivindicação da classe, segundo a presidenta licenciada da Associação das Travestis e Transexuais (Astra-Rio), Marjorie Marchi. De acordo com ela, o foco prioritário é assegurar a matrícula de travestis e de transexuais em escolas da rede pública.

"A não possibilidade de as pessoas frequentarem aquele ambiente de acordo com o que são de verdade, com sua identidade respeitada, acarretava grande evasão escolar de travestis, altos índices de analfabetismo e despreparo técnico para o mercado de trabalho", disse.

Marjorie Marchi declarou ainda que o nome social representa para os travestis o "mesmo que o nome representa para todo mundo". Como a classe tem uma "discordância" com o gênero biológico, a identidade passa a ser representada pelo nome em acordo com a nova expressão, explicou. "É a mesma coisa com o artigo 'a' ou 'o', que deveria conjugar com o nome social da travesti e não com um órgão pseudobiológico que se carrega entre as pernas", completou.

Para evitar problemas com documentos oficiais, o decreto do governo do Rio também esclarece que em casos de interesse público, o nome civil do travesti ou do transexual deverá constar de documentos, podendo estar acompanhado do nome social.

PARABÉNS MARJORIE!!!


Nota da Drikka:


Sobre o assunto acima, eu já passei por muitas situações constrangedoras, assim como outras travestis também. Eu sinceramente acho interessante passar por mulher, claro, sinal que sou feminina, mas não gosto de polemizar não.

Hoje por exemplo, quando quero marcar alguma coisa eu ligo como Sabrina, quando chego no local, aí sim eu explico.

Teve uma situação em que a atendendente que conversava comigo sobre cartão de crédito interrompeu a ligação dizendo que o sistema acusava uma voz feminina e eu estava com nome de homem. Claro, que faltou tato para a mesma e eu não tinha porque fazer barraco por telefone. Desliguei e fui à agência e resolvi. 


Outra situação que tive que contornar foi na renovação da carteira de motorista. Vocês já sabem como é enorme a fila no Detran. Então todo mundo sentadinho nas cadeiras e a moça chama pelo 'nome' para exame de vista por exemplo. Conversei com a atendente que estava chamando e ela foi um amor e entendeu tudinho. Quando chegou minha vez, foi tudo perfeito e eu não deixei o povo se divertir. No passado eu fui diversão, mas agora sou mais fina né?

Ah, e muitos podem estar pensando ou tem vontade de me perguntar: - por que eu não troco meu nome oficialmente?

Eu sinceramente não gostaria. Gosto dessa coisa do nome oficial e do nome social. É algo particular meu.



Músicas que embalam o mundo gay...




AS 20 MÚSICAS PREFERIDAS PELO UNIVERSO GAY EM TODOS OS TEMPOS:

1. ABBA, “Dancing Queen”
2. Village People, “YMCA”
3. Gloria Gaynor, “I Will Survive”
4. The Weathergirls, “It’s Raining Men”
5. Kylie Minogue, “Your Disco Needs You”
6. Pet Shop Boys, “Go West”
7. Kylie Minogue, “Better The Devil You Know”
8. Olivia Newton-John, “Xanadu”
9. Madonna, “Vogue”
10. Alicia Bridges, “I Love The Nightlife”
11. Gloria Gaynor, “I Am What I Am”
12. Cher, “Believe”
13. Diana Ross, “I’m Coming Out”
14. Bronski Beat, “Smalltown Boy”
15. Judy Garland, “Over The Rainbow”
16. Village People, “Macho Man”
17. Frankie Goes To Hollywood, “Relax”
18. Village People, “In the Navy”
19. Coming Out Crew, “Free, Gay and Happy”
20. Dolly Parton, “9 to 5″


Esta lista acima é de 2008 feita na Austrália. Hoje com certeza já podem ser incluídas músicas de Lady Gaga, a nova diva dos gays. Também Beyonce já teria entrado. Mas vamos esperar que logo, logo deve sair a lista atualizada.


Mas eu tenho a minha lista que é um pouco diferente desta acima... Vamos ver se vocês concordam comigo, pois acho eu, que tenho um bom conhecimento sobre música, principalmente as de baladas gays... rs.


20) BAD ROMANCE ( Lady Gaga )
19) I FEEL LOVE ( Donna Summer )
18) I WANT TO BREAK FREE ( Queen )
17) A LITTLE RESPECT ( Erasure )
16) HUSH HUSH ( Pussycat Dolls )
15) I'M ALIVE ( CELINE DION )
14) GIRLS JUST WANNA HAVE FUN ( Cyndi Lauper )
13) POKER FACE ( Lady Gaga )
12) WHEN LOVE TAKES OVER ( David Guetta Feat. Kelly Rowland )
11) NON SONNO UNA SIGNORA ( Loredana Berté)
10) SELF CONTROL ( Laura Branigan )
09) BOYS ( Sabrina Salerno )
08) SOMETHING IN MY HOUSE ( Dead or Alive )
07) BELIEVE ( Cher )
06) VOGUE ( Madonna)
05) IT'S RAINING MEN ( The weather girls )
04) I AM WHAT I AM ( Gloria Gaynor )
03) YMCA ( Village People )
02) DANCING QUEEN ( ABBA)
01) I WILL SURVIVE ( Gloria Gaynor )

Boneca Drikka Sabrina


ATUALIZANDO MINHA LISTA ACIMA PARA 2017... VAMOS VER O QUE MUDEI EM RELAÇÃO A QUE POSTEI EM 2011...


20) I NEED MORE OF YOU (Bellamy Brother feat. Paulette Carson)
19) PARIS WITH LOVE ( Donna Summer)                                                                       18) DON'T LET ME BE MISUNDERSTOOD (Santa Esmeralda)
17) WE ARE THE PEOPLE ( Empire Of The Sun )
16) NEW YORK CITY BOYS (Pet Shop Boys)
15) I'M ALIVE ( CELINE DION )
14) GIRLS JUST WANNA HAVE FUN ( Cyndi Lauper )
13) ONLY GIRL IN THE WORLD ( Rihanna )
12) WHEN LOVE TAKES OVER ( David Guetta Feat. Kelly Rowland )
11) TAKE IT LIKE A MAN (Cher)
10)
I WILL SURVIVE    (Gloria Gaynor)                                                                             09) SHATTERED GLASSES (Laura Branigan)                                                                   08) SOMETHING IN MY HOUSE (Dead or Alive)
07) TITANIUM  (Sia )
06) BITCH (Jackie O)
05) DON'T LEAVE ME THIS WAY (Thelma Houston)
04) I AM WHAT I AM (Gloria Gaynor)
03) YMCA (Village People)
02) DANCING QUEEN (ABBA)
01) BOYS (Sabrina Salerno)


E VAMOS DANÇAR... DANÇAR... DANÇAR A NOITE TODA...

Você ainda pode acrescentar mais essas a sua noitada:

SIMPLY THE BEST (Tina Turner), HIGHWAY RUNNER (Donna Summer), ERUPTION (One way ticket), CATCH MY FALL (Billy Idol), MOONLIGHT AFFAIR (Scott Mackenzie), ALRABEIYE (Amadin), CRYING AT THE DISCOTHEQUE (Alcazar), GLASSES MEN (Ken Lazlo), MURRAY HEAD (One Night In Bangkok), MOVIN' ON (Novecento), BODY TO BODY (Blus System), SO MANY MEN, SO LITTLE TIME (Miquel Brown), LADY GODIVA (Boney M), BLUE MONDAY (New Order), FATAMORGANA (Dissidenten)... se quiser mais, me avise, rs


-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.--------------------------------.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.


Transexuais e aquela velha história do constrangimento, quando o nome não condiz com a pessoa!

Imagine alguém chamado João, mas que as pessoas insistem em chamar de Marcelo. Parece incômodo? A situação é semelhante à de muitos travestis e transexuais que não podem usar o nome que escolheram ao se matricular em uma escola ou universidade particular ou pública. 

No Brasil, 14 Estados já adotaram legislação em que alunos "trans" (travestis e transexuais) podem pedir que o nome social – aquele pelo qual a pessoa quer ser chamada – seja usado nos registros escolares. Provas, listas de chamada, histórico escolar e outros documentos devem trazer o nome que o aluno escolheu.

O Maranhão foi o Estado que aderiu a medida mais recentemente, no final de outubro. A regra, aprovada pelo Conselho de Educação do Estado, vale para maiores de 18 anos e adolescentes, desde que os pais assinem uma autorização. De acordo com a Secretaria de Educação do Estado, a medida já será adotada nas matrículas da rede pública do ano que vem. 

São Paulo, Pará, Goiás, Paraná, Alagoas, Distrito Federal, Piauí, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Tocantins, Mato Grosso e Pernambuco são os outros Estados que já aderiram à regra, considerada “avanço” na inclusão de gays, lésbicas e transgêneros na rede escolar e no ensino superior.

Abandono escolar

Toni Reis, presidente da ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais), afirma que a medida ajuda a diminuir o número de faltas e o abandono escolar dessa parcela da população. A entidade está se mobilizando em todo o país pelo tema.

- Um dos grandes problemas nas escolas é o desrespeito com a identidade do aluno, mais até do que o desrespeito à opção sexual. Normalmente os gays são vítimas de piada e chacota no ambiente escolar. Os “trans” [sofrem] mais ainda, e vários acabam abandonando os estudos. A maioria acaba vendo na prostituição a única alternativa de trabalho. 

A afirmação de Reis é sustentada por uma pesquisa da Unesco (Organização das Nações Unidas pela Educação) , de 2004. Segundo os dados, 40% dos jovens brasileiros não querem estudar com gays.

Outro estudo, feito pelo grupo carioca Clam (Centro Latino-americano em Sexualidade e Direitos Humanos), identificou que os transexuais e travestis foram 72 vezes mais discriminados que os gays e as lésbicas na última Parada Gay da cidade. 

Chesller Moreira, um dos fundadoress da primeira escola gay do país, a Escola Jovem LGBT, situada em Campinas (interior do Estado), afirma não sabia que a medida é adotada no Estado de São Paulo. Ele pondera que algumas instituições de ensino ainda não cumprem a resolução.

- Eu acho que isso já devia ter sido feito há muito tempo. Porque imagina você ter a aparência de mulher, ter escolhido um nome feminino e continuarem te chamando pelo nome masculino, é muito constrangimento.  O que mostra que você existe é o número do seu documento.

Governo federal

Em maio deste ano, o governo federal publicou uma portaria em que autorizava que travestis e transexuais que trabalham como servidores  públicos usassem seu nome social nos e-mails, crachás, documentos internos e outros cadastros de serviço.


................


TRANSGÊNEROS... Saiba a diferença entre:

DRAG QUEENS

Homens, geralmente gays, que se vestem de mulher para trabalhos, telegramas animados, shows ou simplesmente para dar pinta. Tem como característica o exagero, transformando-se numa mulher "absurda", de cabelos coloridos, roupas extravagantes e maquiagens carregadas. Exemplos de drags: Nany People, Dimmy Kieer, Sissi Girl e a curitibana Brigitte Beaulieu... Há dentro deste segmento uma subcategoria, as Top Drags que são aquelas que procuram se aproximar das modelos de passarela, usam roupas curtas e/ou sensuais, geralmente são magras, mostram muito o corpo e a maquiagem é exagerada. Exemplos de top drags: Veronika, Nadarc , Márcia Panthera e em Curitiba, Diandra Special... Nos shows geralmente fazem a linha "bate cabelo".


DRAG KINGS

Mulheres, geralmente lésbicas, que se vestem de homem, para irem às festas ou se divertirem.

 

ANDRÓGINOS

Homens ou mulheres que possuem aparência ou modo indefinidos, entre masculino e feminino, os dois gêneros se fundem em seu visual. Exemplo de andrógino: Victor Piercing.

 

CROSSDRESSERS (((((((AS CD´S))))))

Primeiramente o crossdresser era o homem heterossexual que se vestia de mulher para fazer sexo com mulher, mas como tudo se transforma, hoje se definem crossdressers homens heterossexuais, bissexuais ou gays cujo fetiche é vestir-se com roupas femininas para fazer sexo e/ou sentir-se como mulheres. O que difere estes dos casos acima, é que eles não assumem publicamente esta identidade. Em todos estes casos, eles se vestem (montam) como o sexo oposto para seus determinados fins e depois de tiradas as roupas, voltam a levar uma vida normal como gay ou homem.
Mas há aqueles que realmente modificam o corpo, vivendo fisicamente a imagem do sexo oposto, como os travestis e os transexuais.

 

TRAVESTIS

O travesti é um homem que não só se veste como adquire formas femininas através de hormônios, silicone e/ou cirurgias reparatórias, mas não sentem desconforto com seu sexo anatômico, não abandonam algumas funções sexuais masculinas, pois em muitos casos fazem o papel ativo em suas relações sexuais, principalmente as profissionais. Também fazem shows onde as de maior destaque são chamadas de Divas. Exemplos de travestis: Rogéria, Laura de Vison e Thelma Lipp. Eu me encaixo aqui.


TRANSEXUAIS

São pessoas que nasceram com um sexo biológico, mas psicologicamente não aceitam sua condição sexual. Ou seja, elas possuem a genitália mas sentem intimamente que pertencem ao sexo oposto ao seu sexo anatômico. Um transexual masculino é anatomicamente um homem, mas sente-se como uma mulher desde a infância e o transexual feminino é justamente o contrário. Durante a vida, procuram se aproximar fisicamente do seu sexo psicológico, principalmente através de hormônios. Tem casos que esta não aceitação do sexo, fazem com que o transexual não goste nem de se tocar sexualmente. Este conflito por vezes só é superado pela operação de readequação genital (troca de sexo). Aí sim, a pessoa encontrará um equilíbrio com seu sexo biológico e psicológico, achando assim seu verdadeiro "eu". Muitos mitos quanto a este tipo de cirurgia já caiu por terra. Antigamente dizia-se que o transexual que operava ficava louco, que não sentia orgasmo e coisas do gênero. Hoje os avanços científicos fazem com que, após a cirurgia, os transexuais levem uma vida normal, sem loucura e até mesmo sentindo orgasmos, pois se hoje, uma cirurgia de miopia é completamente diferente de anos atrás, devido a evolução científica, por que com a cirurgia de mudança de sexo seria diferente? Exemplos de transexuais: Roberta Close, Maitê Schneider e Gretta Starr.


CARICATAS

Gays, que se vestem de mulher, fazendo uma representação caricatural, escrachada e bastante divertida. Seus shows/esquetes são com músicas em velocidade alterada e comicidade explícita. Exemplos de caricatas: Kaika Sabatella, Pandora Boat, Suzi Brasil, Black Negona, Lola Batalhão, Thalia Bombinha e Rose Bom Bom.

 

TRANSFORMISTAS

Gays, que se vestem de mulher, se aproximando o máximo possível da figura feminina, sem os exageros de maquiagem. Muitas vezes para shows onde a dublagem é mais valorizada; concursos de beleza e algumas fazem cover de seus ídolos como Madonna, Britney Spears, Lisa Minelli, Maria Bethânia, Clara Nunes, etc. Exemplos de transformistas: Silvetty Montilla, Luiza Gasparelly, Léo Áquila, Michelle X, Andréia Gasparelly e Marcela do Nascimento.

 

Fonte: www.abalo.com.br

.......................................................



DICIONÁRIO GLS


Você já deve ter ouvido ou lido, algumas das palavras que selecionei para postar aqui. Inclusive eu as uso em muitas histórias que escrevo, principalmente nas " aventuras de Sabrina"... Gays em geral e travestis conhecem a língua ( nagô ) uma língua africana
da qual se originaram as principais palavras, que é bem mais usada pelas travestis. Outras foram acrescentadas e ficaram populares sendo usadas pelo povo em geral, como por exemplo: basfond, babado, bofe... Então fique por dentro do principal do Dicionário GLS, GLBTS ou então simplesmente: gay!


ABALAR - Fazer algo bem feito. Arrasar                                                                         ADÉ - Homossexual masculino
AJEUM - comida
AMAPÔ OU AMAPOA - mulher ou menina
ACUÉ - dinheiro ex: bofe do acué - homem do dinheiro
ACUENDAR - fazer ( acuendar o bofe - fazer o homem ou rapaz)                                      ALICE - bicha alienada, vive achando que está no país das maravilhas. Normal as monas usarem o termo: - acorda Alice!
ALIBAN ( ALI )- policial - exemplo: - Mona, desacuende, olha os ali!!!... -Bicha, sai fora, polícia!!!
APATÁ - Sapato                                                                                                            ARÔ - dinheiro - o mesmo que acué...                                                                              AXÓ - Roupa - produção de show.
BABADO - o que tá pegando? o que tá acontecendo? babado forte: assunto
quente... É comum as monas falarem: - Eu tenho um babado pra te contar!
Traduzindo: - Eu quero te contar uma coisa!!! Pode ser uma notícia boa ou ruim.
BABADEIRA - travesti que arruma confusão ou dá a elza!                                               BAJÉ - Sangue                                                                                                                  BAJUBÁ - Baseada nas línguas africanas, usadas no candomblé. Inicialmente foi uma linguagem usada pelas travestis, mas depois difundiu-se pelo universo gay.                            BARBIE - Homossexual de corpo inflado, adepto de musculação e muitas vezes bombas.
BASFOND OU BAFÃO- confusão                                                                             BICHA BOFE - Homossexual masculino que não apresenta trejeitos femininos e é somente ativo.
BI ou BIBA - Mais usado pelos homossexuais masculinos - sinônimo de bicha...               BOA NOITE CINDERELA - Diz-se do golpe usado por michês em homossexuais masculinos. Consiste em dopar a vítima e depois roubá-la.
BONECA - travesti
BOFE - homem ou rapaz                                                                                          BOLACHA - Lésbica                                                                                                    BATE BOLACHA - relação sexual entre duas mulheres                                                   BUZUM - ônibus                                                                                                          CACURA - Indivíduo idoso ou de idade avançada para determinado fim.                       CATREVA - bicha muito feia.                                                                                            COSSIBOTÓ - bicha ignorante, burra.                                                                   COSSIBARÉ - homem burro.
CHUCA - Lavagem intestinal, geralmente feita com a mangueira do
chuveirinho... Você enche de água e vai soltando no vaso sanitário até
que a água saia limpinha...                                                                                            CHUCHU - barba - Tudo a ver com o legume com hastezinhas espetantes. Chuchu berrando: a barba aparecendo embaixo da make up.
CORRE-CORRE - carro
COIÓ - Apanhar, ex: levou um coió - tomou uma surra.
DADÁ ( pelo amor de dadá ) - Dadá ( orixá ) - É muito comum as travas
em geral dizerem pelo amor de Dadá ao invés de pelo amor de Deus!!!
DESACUENDAR - sair fora - exemplo: desacuende o bofe - largue o cara
DUNDUM ( ou DUM )- Homem negro.  Travesti Dundéia ( travesti negra)...
EBÓ - comida de santo na macumba                                                                                 EBÓ MAL DESPACHADO - Pessoa não grata.
EDI - ânus
EQUÊ- truque, sacanagem ... exemplo: mona de equê - homem travestido de
mulher que se diz travesti e não o é... - outro exemplo: - equê do bofe
- traduzindo: mentira do rapaz
ELZA - roubar, assaltar ex: a mona dá a elza - a bicha assalta                                                  ELZEIRO - que gosta de dar a elza, roubar.
ERÊ - menino novinho                                                                                                     FERVO / FERVEÇÃO - diversão, local onde está acontecendo uma diversão.                FRAPÊ - Diz-se do pau que fica meio duro, meio mole.                                                 GRAVAR - chupar um pau
GLS - Gays, lésbicas e simpatizantes.
GLBTS - Gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e simpatizantes.                                       ILÊ - casa                                                                                                                         IVONE - Diminutivo de passivone. Indivíduo extremamente passivo.                                 JEBA - Pau grande                                                                                                         KÁTIA - cachaça, pinga
LADY - Homossexual feminina - passiva                                                                    LARICA - fome                                                                                                  MANJA-ROLA - Homem gay com ou sem trejeitos que se masturba em banheiros públicos.
MARICA, MARICONA ( CONA ) - Usado geralmente na conversa entre travestis para falarem dos homens que pagam ou fazem programas com elas...
MATIM - pequeno ex: - neca matim - pau pequeno´- acué matim - pouco dinheiro
MICHÊ - garoto de programa.
MONA - bicha, gay ( começou-se a usar depois da música mona lisa _ modern talking - meados dos anos 80...
NECA - pau, pinto
NENA - coco ex: desacuendar a nena - fazer cocô - aproveitando o gancho - desacuendar o chá - fazer xixi...
PISTA - Local em que as travestis fazem ponto
OCÓ - homem ou rapaz
ODARA - grande - ex: neca odara - pau grande
OFOFI - mau cheiro                                                                                                        ORÉ - garotão
OTIM - bebida alcóolica                                                                                                OXANÃ - cigarro                                                                                                          PADÊ - cocaína                                                                                                                      PAM - Abreviação de Passiva até a morte. Bichinha que não come ninguém                          PASSAR CHEQUE- sujar o pau de alguém de merda ( quando o cheque é grande dizem que é um cheque 5 grãos de milho, hehehe...)                                                                     PANSEXUAL - Indivíduo que transa com homem, mulher, cavalo, cachorro, melancia, árvore, etc...                                                                                                                          PÃO COM OVO - Fala-se do homossexual pobre tanto economica como culturalmente.
PICUMÃ - cabelo ou peruca                                                                                            POC POC - o mesmo que uma bichinha quá quá                                                              RACHA ou Rachada - mulher                                                                                        RAMÉ - mal vestido
SAPA - Homossexual feminina ( ativa ) sinônimo : Franchona - caminhoneira
SNIF - cheirar pó ( cocaína )
TABA - maconha
TIA - Aids - exemplificando: - fulana está com a tia!!! - Traduzindo quer dizer que alguém está contaminad@...                                                                                                                TÔ BEGE - Estou boba. TÔ PASSADA - mesmo sentido de tô bege!
UÓ - UÓ DO BOROGODÓ - tudo de mal - ex: bofe uó ( o cara é sem graça, do mal, não vale nada,etc...) O local é uó ( o local não é legal...)


Muitas travestis depois que a língua tornou-se popular entre os gays, começaram a
adaptá-las com formas mais difíceis e poucas a utilizam, sendo isso uma
coisa restrita às ruas. Exemplo: monacásssssimma desacuendássssimmma e
por aí afora com muito ássssima e issssímmma em tudo. Mas não
popularizou-se pela falta de estrutura e dificuldade de
pronúncia...Também como a nossa língua no Brasil, tem palavras que se
diferem de região em região, com a língua das travestis é a mesma
coisa.No Nordeste há palavras que não conhecemos no sul e vice-versa.

Frases que elas usam comumente:


- Acuenda o carão da mona! ( Veja só a pose da bicha...)
- Não tô podendo! ( Não estou a aguentando essa situação...)
- Ah tá boa? ( Frase irônica...)
- Bichinha qua qua qua - (Geralmente as travestis falam às que ainda estão no processo de transformação numa discussão! )                                                                                            - Ela tá fechando tudo ( fala-se da mona que está dando muita pinta) - Bandeiroso - pessoa que jura que não é gay, mas dá muita pinta.                                                                            - A mona tá na batalha. A mona tá no atendimento. A mona tá na função - sinônimos para o trabalho de prostituição.


Interpretação de texto usando as palavras do dicionário GLS:

23 horas, sábado quente na capital do estado... As travas chegavam na pista, enquanto os bofes nos seus corre-corres passavam afoitos e loucos para acuendá-las. No sábado à noite a pista fica florida, além das bonecas, as bibas também costumam passar pelo local, pois é o caminho para a boite. Algumas bibas montadas no trucão, param e ficam no bajubá com as travas. É bom fazer a linha, afinal toda a montada tem que ficar esperta, pois seu picumã pode ser azuelado a qualquer momento...Que noite, o agito está legal, a erezada também passa em corre-corres geralmente amontoados em quatro ou cinco, ouvindo música alta e embalados pelo otim... Ao passarem pelo point saem na janela e gritam com as travas, o bajubá é o de sempre: - e aí quanto tá a morte? - O "João", tem futebol mais tarde... - Ô sacuda!... E, blá, blá, blá...  Dificilmente eles elogiam, naquela linha maldita de companhias. Quando estão sozinhos, adoram acuendar a neca ou edi das bonecas! As travas também gritam e o basfond é babado. Mas, sempre para alguém interessado e os programinhas seguem noite afora.
Já na madrugada, quando o movimento fica devagar, o melhor é ir para boite também. Lá dentro as monas fervem e azaração é forte. No dark room não dá nem de entrar, está
lotado, geralmente aos sábados as bibas dominam o ambientee o ofofi berra... No lounge as bonecas também acuendam um otinzinho e flertam com alguns bofes. Mas, conversam entre elas que tem muita amapô naquela noite e vai ser difícil catar alguma neca interessante. Quase amanhecendo o dia e a boite ainda está lotada e tem um povinho entrando, entre eles mais algumas travestis que ficaram na função até mais tarde. Entre elas está Rosicléia, a babadeira... Essa é do babado mesmo, ela adora dar a elza...Está colocadíssima no padê e já vem para o meio das outras reclamando... - Fulana, não viu cicrana? Tô passada com os 'ali' mona, levaram todo meu acué!!! Preciso ver cicrana pra me acuendar um arô, quero acuendar um otim agora... A outra então fala que não viu a trava que ela queria e comenta que sua noite também tinha sido uó, pois só tinha feito um boquete por um acuezinho matim. Mesmo assim oferece seu drink a bafonzeira pois é de bem fazer uma linha amiga... Enfim o sol dá seu carão, as bibas saem com a make vencida, as travas também estão saindo, há aquelas em que o chuchu está berrando, umas finas esperam os manobristas trazerem seus corre-corres, algumas
com uma boa companhia, mas de qualquer forma as mariposas já estão sentindo falta da noite... Ah, e cadê a babadeira? Simples, um bofão dum tudo de bom, o segurança está catando ela no sofá. Ela estava jogada lá, totalmente desacuendada... A mona é colocada pra fora. Por sorte um dos taxistas já a conhece e a leva pra casa... Nada que um ajeunzinho agora não dê jeito e quem sabe até uma acuendadinha básica pra pagar o taxi.

Texto fictício!

Se você leu e entendeu tudo, já está por dentro do dicionário!

Escrito por Boneca Drikka

O material  do dicionário foi pesquisado na internet. Também recebi colaboração de minha amiga Liza Minelli ( Grupo Esperança Curitiba - atende TRAVESTIS DE CURITIBA ) que emprestou uma cartilha com algumas palavras que eu também não conhecia, também em relação à grafia, pois falar é uma coisa, escrever é outra.






CLIQUE AQUI PARA VOLTAR PARA PÁGINA PRINCIPAL

Site Map